Comércio: combustíveis têm queda de vendas em novembro de 2017

A venda de combustíveis e lubrificantes diminuiu 1,8% no mês de novembro em comparação com outubro de 2017. Os dados são da PMC (Pesquisa Mensal de Comércio), divulgada nesta terça-feira (09) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

No geral, as vendas no varejo cresceram 0,7% em novembro em comparação com o mês anterior. O aumento foi puxado pelas vendas de móveis e eletrodomésticos (6,1%) e artigos de uso pessoal e doméstico (8%).

Além dos combustíveis e lubrificantes, os equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-6,8%) e livros, jornais, revistas e papelaria (-2,3%) também influenciaram negativamente o resultado global de novembro de 2017.

Em comparação com o mesmo mês de 2016, a PMC mostra que o varejo avançou 5,9%. Os principais setores que contribuíram para a alta foram hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (5,2%), seguido por móveis e eletrodomésticos (15,6%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (8,1%).

Fonte: Portal R7